Clique e assine com 88% de desconto

uberPOOL: seria o Tinder da vida real?

Lançado há uma semana em São Paulo, o aplicativo que permite que mais passageiros viajem juntos por preços mais em conta tem também uma nova função para os jovens

Por Michelle Kaloussieh - 6 maio 2016, 17h59

Não regularizado ainda em São Paulo, o Uber, aplicativo de transporte privado urbano, lançou um braço de seu serviço há uma semana na cidade: o Uber POOL. Com a opção, quatro passageiros podem viajar juntos em destinos próximos. De acordo com a empresa, a opção pode reduzir em 40% o valor de uma viagem. A reportagem de VEJA SÃO PAULO recentemente testou a função e a economia foi de 25% comparado ao Uber X (versão mais em conta do aplicativo). Mas atenção: nem tudo são flores. Com mais passageiros e paradas, aumenta o tempo de viagem. A primeira semana do serviço em São Paulo pareceu promissora. A comunicação do Uber afirma que 30% das viagens feitas pelo aplicativo em São Paulo já são compartilhadas.

Há ainda uma função, digamos, sociável entre os mais jovens, confirmado por motoristas e pela reportagem de VEJA.

Reação de duas passageiras no sábado 30, segundo dia de POOL, com a chegada da reportagem (que não se identificou como jornalista):

“Poxa, escolhemos a opção de viagem compartilhada justamente para encontrar dois caras gatos, e aparece você?!”

Continua após a publicidade

No domingo 1, o assunto principal durante o trajeto foi o lançamento do serviço. O motorista comentou:

“O Uber ficou mais animado. Trabalhar está mais divertido.”

Uma passageira respondeu:

“Se eu fosse solteira, usaria o Uber para paquerar, com certeza!”

Continua após a publicidade

Em San Francisco, no estado americano da Califórnia, um casal noivou depois de passar alguns minutos juntos no carro em direção ao mesmo restaurante. Casinhos e namoricos também foram relatados em outros cantos do mundo.

Seria o Uber POOL o Tinder da vida real?

Publicidade