Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Spotify investe em vídeo e vai produzir 12 programas sobre música

A novidade está prevista para ser lançada em breve nos EUA, Grã-Bretanha, Alemanha e Suécia e todos os usuários - assinantes ou não - poderão assistir aos programas

O Spotify aposta em uma nova estratégia para angariar mais usuários e diversificar seu conteúdo, além do streaming de mais de 30 milhões de músicas disponíveis na plataforma. O investimento da vez, segundo a Bloomberg, são programas de vídeo sobre música, como biografias de artistas, entrevistas, shows e gravações.

Neste ano, o aplicativo já havia anunciado sua primeira empreitada em vídeo: a empresa fez parcerias com algumas emissoras (BBC, ESPN, MTV, Comedy Central) e passou a reproduzir programas variados. Agora o conteúdo será próprio e, ao todo, serão 12 canais produzidos pelo Spotify – cada um com uma proposta diferente.

LEIA TAMBÉM:

Serviços de streaming vão superar o cinema até 2017

Taylor explica retirada de músicas do Spotify: ‘Não compensa’

Por exemplo, Landmark será um canal sobre a história da música, com depoimentos de artistas e imagens de acervo. Life in Short será uma série documental que abordará em cada episódio um artista escolhido. Dentre os 12 programas, há alguns que fogem do usual e são bem específicos, como Rhymes & Misdemeanors, que mostrará alguns casos de crime no mundo da música, e Generations, um programa de batalha de rappers famosos que farão novas versões de suas músicas.

A novidade, por enquanto, está prevista para ser lançada em breve nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Alemanha e Suécia e tanto os usuários assinantes do serviço quanto os que o usam gratuitamente poderão ver os programas.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League