Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Site do jornal The Sun é atacado por crackers

Página redirecionava à falsa notícia da morte do empresário Rupert Murdoch

Membros do grupo LulzSec atacaram o site do jornal inglês The Sun nesta segunda-feira. Depois da investida, a página do jornal redirecionava os leitores à notícia falsa da morte do empresário Rupert Murdoch, dono do império de comunicações News Corp, do qual o The Sun faz parte.

A notícia falsa afirmava que o magnata foi encontrado morto no quintal da sua casa um dia depois de ingerir grandes quantidades de paládio, uma substância químico. Depois, os leitores eram novamente redirecionados – agora para o perfil de Twitter do grupo cracker.

Essa mais recente ação fez com que o grupo ultrapassasse a marca dos 300.000 seguidores na rede social. O Lulzsec depois derrubou o site da News International, divisão britânica de publicação da News Corp, que tinha emitido uma nota sobre o fato.

O LulzSec se declara responsável por ataques contra sites de diversas instituições, como a agência de inteligência americana (CIA), o Senado dos Estados Unidos, a rede de televisão Fox, a companhia telefônica AT&T e empresas de jogos eletrônicos Sony e Nintendo.

O grupo chegou a anunciar o fim de suas atividades. Explicou a nova ação em um tweet: “Obrigado pelo amor nesta noite. Eu sei que nós iríamos parar, mas não podíamos nos sentar com o nosso vinho assistindo este Murdoch fazendo palhaçadas.”

No último final de semana, o empresário fez um pedido desculpas público em função do escândalo das escutas ilegais do tabloide News of the World, outra de suas publicações.

Member of The Internet Defense League