Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Natal 2015: como comprar eletrônicos gastando menos

Saiba quais características de smartphones, smartTVs e notebooks devem ser levadas em conta para comprar um bom produto sem gastar tanto

Ano de crise econômica é tempo de apertar os cintos. É possível comprar o eletrônico desejado sem gastar tanto? Sim, é possível. VEJA.com ajuda você nessa tarefa. Identificamos as características de smartphones, smartTVs e notebooks que realmente devem ser observadas pelo consumidor na hora da compra, pois exercem impacto significativo no desempenho desses dispositivos. Nos smartphones, são a capacidade de processamento, armazenamento, autonomia da bateria e resolução das câmaras. Em seguida, indicamos quais parâmetros podem ser aceitos pelo consumidor. Por exemplo: para gastar um pouco menos em um celular do grupo dos tops de linha, não é preciso optar por uma câmera de 20 megapixels; a de 8 megapixels garante um bom produto por um preço menos salgado. Confira a seguir o resultado da nossa pesquisa, que contou com a orientação do jornalista Lucas Agrela, especialista em reviews da revista Exame.

Smartphone – Quem está de olho em um smartphone deve prestar atenção em quatro características específicas dos aparelhos: capacidade de processamento, memória, autonomia da bateria e resolução das câmeras.

1. entre aparelhos top de linha, cujos preços variam de 1.500 a 4.000 reais, uma configuração satisfatória inclui:

  • processador quad core
  • 3 GB de memória RAM
  • bateria de 2.000 mAh.
  • câmera traseira de, pelo menos, 8 megapixels e frontal de 5 mega
  • tela Full HD

2. quem procura um celular intermediário, na faixa compreendida entre 1.000 e 1.500 reais, deve optar por aparelhos com a seguinte configuranção básica:

  • processador quad core
  • 2 GB de memória RAM
  • bateria de 1.800 mAh.
  • câmera traseira de 5 megapixels e frontal de 2 mega
  • tela HD

3. os consumidores que optarem pelos chamados “features phones”, os mais baratos, com preços de até 1.000 reais, devem exigir os seguintes itens básicos:

  • processador dual core
  • 1 GB de memória RAM
  • bateria de 1.500 mAh.
  • câmera traseira de 5 megapixels e frontal VGA
  • tela com resolução 1366 X 768

SmartTV – A primeira coisa para ter em mente quando o assunto é comprar uma TV nova é que os aparelhos que possuem tela com resolução 4K ainda não oferecem uma boa relação entre custo e benefício. Eles têm preços salgados e ainda poucos conteúdos podem ser explorados com o formato.

O preço de um aparelho de dimensão média e com bom custo/benefício varia entre 1.500 e 5.000 reais. O consumidor deve atentar para as seguintes características:

  • resolução Full HD
  • tela de LED de no mínimo 32 polegadas
  • sistema operacional, que permite à smartTV navegar pela internet, Android, WebOS ou Tizen

Notebook – Assim como os smartphones, os notebooks podem ser divididos em três grupos, de acordo com as características e faixas de preços.

1. aparelhos top de linha, com preços entre 5.000 e 6.000 reais, categoria específica para quem precisa de velocidade e desempenho, por exemplo, para games “pesados”:

  • processador Core 5 (5ª geração)
  • tela Full HD
  • armazenamento SSD de 120GB
  • teclado retro iluminado
  • placa de vídeo dedicada

2. aparelhos intermediários, com preços entre 3.000 a 5.000

  • processador i3 (5ª geração) ou i7 (4ª geração)
  • tela HD
  • armazenamento de modelo híbrido SSD de 32GB e HD de 500 GB
  • teclado retro iluminado

3. aparelhos básicos, com preços entre 1.500 e 3.000 reais, ideal para realizar tarefas básicas como consultar a internet:

  • processador i5 (3ª geração)
  • tela HD
  • armazenamento HD de 500 GB

Leia também:

Oculus Rift, o gadget de realidade virtual do Facebook, chega ao mercado em 2016

MIT cria gadget que lê qualquer texto para cegos

Member of The Internet Defense League