Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

LG coloca em TVs conectadas sistema que foi da HP e Palm

Primeiros modelos com a plataforma chegam às lojas nos próximos meses

A LG anunciou nesta segunda-feira que seus novos modelos de TVs com conexão à internet chegarão ao mercado com um novo sistema operacional, mais fácil de usar, a partir deste ano. O webOS, que equipou dispositivos móveis da Palm e da HP no passado e foi adquirido em 2013 pela LG, recebeu ajustes e uma nova interface para funcionar em telas grandes. Os primeiros modelos de TV conectada com a nova plataforma chegarão às lojas nos próximos meses.

Leia também:

Samsung e LG vão lançar TVs com tela curva de 105 polegadas

TV de 110 polegadas da Samsung chega por 350.000 dólares

O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa realizada um dia antes do início da Consumer Electronics Show (CES), uma das maiores feiras de tecnologia do mundo, realizada entre 7 e 10 de janeiro, em Las Vegas (EUA). Durante o evento, a empresa também anunciou modelos de TV com tela de OLED (diodo emissor de luz orgânico, na sigla em inglês) e resolução 4K, além de uma nova pulseira inteligente para monitorar atividades físicas.

O webOS é um sistema baseado em Linux criado pela Palm em 2009, quando a empresa ainda tentava competir pelo mercado de smartphones. Quando a Palm foi adquirida pela HP em abril de 2010, a plataforma foi aproveitada pela HP em seu primeiro modelo de tablet. O TouchPad chegou às lojas dos Estados Unidos em julho de 2011, mas as vendas desapontaram e a HP descontinuou o modelo apenas dois meses depois.

Embora duas gerações de produtos com o sistema não tenham dado certo, o webOS obteve boas avaliações de críticos, o que motivou a LG a comprar o sistema da HP em fevereiro de 2013. Ao longo do último ano, a empresa modificou a interface do sistema para ajustá-lo à tela grande das TVs. Agora, ele apresenta uma faixa na base da tela, com todos os aplicativos disponíveis organizados em abas. Um assistente virtual chamado BeanBird guiará o usuário pelos recursos das novas TVs.

O sistema foi originalmente desenvolvido para funcionar em telas sensíveis ao toque, mas foi adaptado pela LG para funcionar com o controle remoto Magic Motion. Para interagir com a TV, o usuário deve apontar o controle para a tela, de forma semelhante ao uso do controle do console Nintendo Wii. É possível ainda interagir com a TV por meio do recurso de controle por voz, graças ao microfone integrado ao controle.

Com o webOS, a LG rompe com o sistema operacional proprietário que equipa a atual geração de Smart TVs. Ele permite que as pessoas assistam a conteúdos por meio do Netflix e outros serviços de TVs sob demanda e também instalem aplicativos na TV a partir de uma loja virtual. O atual sistema é uma evolução do Netcast, adotado nos primeiros modelos de TV com conexão de internet lançados pela marca.

Durante o evento em Las Vegas, a LG não informou se o webOS substituirá a plataforma proprietária Smart TV em todos os modelos. Ainda não há informações sobre quando desenvolvedores independentes poderão iniciar a criação de aplicativos para TVs, com base no sistema operacional webOS. No entanto, os aplicativos criados para as atuais Smart TVs funcionarão normalmente em novos modelos de televisores da marca com webOS.

De acordo com a LG, o sistema operacional webOS estará em 70% dos novos modelos expostos a partir desta terça-feira na CES 2014. Entre os destaques estão os dois novos modelos de TVs de tela curva, com telas de 77 e 105 polegadas. O modelo menor, que substitui a TV com tela curva de 55 polegadas lançada no ano passado, terá tela feita de OLED. O televisor com tela de 105 polegadas, por outro lado, ainda será fabricado com tela de LCD.

A empresa também pretende expandir a linha de TVs que suportam a exibição de imagens com resolução Ultra HD ou 4K, equivalente a quatro vezes a oferecida por TVs Full HD. Durante a feira, a empresa lançará 20 novos modelos com tela entre 49 e 110 polegadas. Embora pouco popular entre os consumidores, as TVs com tela de plasma estarão presentes em quatro novos modelos lançados pela LG na feira.