Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CES 2016: Empresa chinesa apresenta primeiro drone para transporte de passageiro

Miniaeronave pode carregar apenas uma pessoa e funciona de forma autônoma: o passageiro escolhe o trajeto, mas não pilota

A empresa chinesa Ehang apresentou na Consumer Eletronics Show (CES), maior feira de tecnologia do mundo, em Las Vegas, nos Estados Unidos, o primeiro drone do mundo para transporte de passageiro. Ele parece uma versão (bem) reduzida de um helicóptero, mas com quatro hélices (duas dianteiras e duas traseiras) divididas e ligadas à cabine, que comporta apenas uma pessoa.

Intitulado Ehang 184 Autonomous Aerial Vehicle (AAV), o drone, como o nome indica, funciona de forma autônoma – o passageiro, portanto, não consegue pilotá-lo. Para guiar o aparelho, o usuário deve baixar um aplicativo e programar o percurso por tablet ou smartphone. O veículo aéreo foi projetado para atingir no máximo 100 km/h e chegar a uma altura de 300 a 500 metros aproximadamente, de acordo com a companhia.

Mais de 100 testes já foram feitos na sede da Ehang, em Guangzhou, na China, mas a miniaeronave é ainda um protótipo. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, o co-fundador Shang Hsiao disse que pretende vender as primeiras unidades do drone por um valor entre 200.000 e 300.000 dólares (cerca de 830 mil a 1,2 milhão de reais) ainda este ano.

Leia também:

Os desafios da Amazon na adoção de entregas com drones

(Da redação)

Member of The Internet Defense League