Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Metade das crianças ainda não foi vacinada contra a pólio

A campanha do Ministério da Saúde vai até a próxima segunda-feira e não deverá ser prorrogada.

De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde terça-feira, metade das crianças com idade entre seis meses e cinco anos incompletos ainda precisa ser vacinada contra a paralisia infantil. A campanha, que começou no dia 15 deste mês, imunizou até agora 6,4 milhões crianças em todo o país.

O objetivo é vacinar 12 milhões. São apenas duas gotinhas para a criança ficar protegida. Devem tomar a dose meninas e meninos entre seis meses e cinco anos incompletos.

A campanha vai até a próxima segunda-feira e não há perspectiva de prorrogação.

Leia também:

Vacinação contra a pólio começa neste sábado no Brasil

Rubéola é erradicada no continente americano

É importante lembrar que a vacina é a única forma de prevenção contra a paralisia infantil. Durante a campanha também é possível atualizar a caderneta de vacinação infantil contra outras doenças, como sarampo e caxumba.

Contraindicações para a vacina – Crianças com sintomas como tosse, coriza, rinite ou diarreia podem receber a vacina normalmente. Já aquelas com infecções agudas, febre acima de 38ºC ou hipersensibilidade a algum componente da vacina devem ser avaliadas por um médico.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League