Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil tem 2.401 casos de microcefalia

De acordo com o Ministério da Saúde, serão distribuídos repelentes às gestantes

Nesta terça-feira o Ministério da Saúde anunciou que já foram notificados 2.401 casos de microcefalia, em 549 municípios, de 19 estados e no Distrito Federal. Destes, 134 tiveram a associação com o zika vírus confirmada. No boletim anterior, divulgado no dia 08 de dezembro, eram 1.761 notificações, o que corresponde ao aumento de 36%.

Ainda de acordo com o novo boletim, 29 mortes foram notificadas, sendo uma confirmada, duas descartadas e 26 ainda estão em investigação. Para evitar a contaminação, o governo anunciou que irá distribuir repelente a gestantes .

Leia também:

Casos de microcefalia sobem para 1.761 no Brasil

SP tem seis casos suspeitos de microcefalia relacionados ao zika

Desde a divulgação do boletim anterior na semana passada, seis estados – Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, São Paulo e Rio Grande do Sul – passaram a notificar casos de microcefalia. Pernambuco permanece com maior número de registros até agora.

Zika vírus e a microcefalia – O zika vírus é transmitido pelo Aedes aegypt, mosquito transmissor da dengue e da febre chigungunya. Embora os sintomas – dores nas articulações, no corpo e na cabeça, febre, náuseas e diarreia – da febre zika (como a infecção pelo vírus é chamada) sejam mais leves que das outras doenças transmitidas pelo vetor, recentemente o Ministério da Saúde confirmou a relação entre o vírus e a microcefalia em bebês.

A microcefalia é uma anomalia que prejudica o desenvolvimento do cérebro dos recém-nascidos e se caracteriza pela circunferência cefálica inferior a 32 centímetros.O problema também pode ser provocado por uma série de fatores, desde desnutrição da mãe, abuso de drogas até infecções durante a gestação, como rubéola, toxoplasmose, citomegalovírus.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League