Clique e assine com 88% de desconto

Governo Dilma deixou ‘infiltrados’ no Planalto

Por Da Redação - 12 maio 2016, 14h38

Além do gabinete paralelo formado por ex-ministros da presidente afastada Dilma Rousseff, o governo Michel Temer (PMDB) também será vigiado por funcionários comissionados que ainda não foram exonerados e se dispuseram a avisar sobre qualquer alteração determinada pelo presidente interino nas políticas em andamento. Eles pretendem ficar no cargo até que sejam demitidos. De maneira informal, alguns devem participar da fase de transição entre governos – que não existe oficialmente, como em casos de fim de mandato eleitoral. “Nós somos os heróis da resistência. Vamos ficar aqui para passar o que tiver de informação”, disse um assessor da Secretaria Nacional de Articulação Social. “Se os caras meterem a mão, vamos denunciar na hora para os movimentos sociais. Se quiserem vir quebrar os vidros e tomar conta da portaria, que façam.” (Felipe Frazão, de Brasília)

Publicidade