Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comissão do impeachment no Senado ouve três especialistas pró-governo

Sessão desta terça será reservada às argumentações de acadêmicos indicados pela base governista

A comissão do especial do impeachment no Senado se reunirá nesta terça-feira para ouvir três nomes indicados pela base governista. São eles os professores Geraldo Luiz Mascarenhas e Ricardo Lodi Ribeiro e o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marcello Lavenère. Os 21 senadores, que compõem o colegiado, devem apreciar na próxima semana um relatório pela admissibilidade ou não do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff.

A sessão segunda-feira, destinada a ouvir convidados da oposição, chegou a ser suspensa por alguns minutos por causa de um bate-boca entre os senadores Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Lindbergh Farias (PT-RJ). Chamado pelo petista de “mentiroso”, o democrata chegou a desafiá-lo para resolver a rinha “lá fora”.

Ontem, os especialistas pró-impeachment reforçaram a tese de que as pedaladas fiscais configuram crime de responsabilidade, acusando o governo de ter praticado uma “verdadeira contabilidade destrutiva” e “estelionato eleitoral”.

Ex-promotor e ex-desembargador do Tribunal de Justiça do Rio, Mascarenhas é professor do departamento de Direito do Estado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Especializado em Direito Tributário, Ribeiro é professor de Direito Financeiro da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Já Lavenère foi um dos signatários do pedido de impeachment contra o ex-presidente Fernando Collor, em 1992.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League