Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com quórum maior que o de 1992, Câmara tem dois ausentes

Veja os nomes dos que não marcaram presença até às 19 horas deste domingo

O quórum da votação do impeachment de Dilma Rousseff foi ainda mais alto que o da votação que afastou Fernando Collor do poder, há quase vinte e quatro anos, em 29 de setembro de 1992. Hoje, apenas dois dos 513 deputados não haviam marcado presença até às 19 horas: os deputados Aníbal Gomes (PMDB-CE) e Aluisio Mendes (PTN-MA). Na votação de 1992, havia 480 deputados presentes, e 23 ausentes (a Câmara tinha 503 deputados na época).

Member of The Internet Defense League