Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cerveró envolve Cabral em tentativa de venda de refinaria-mico

Em seu acordo de colaboração premiada na Operação Lava Jato, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró envolveu o ex-governador do Rio Sérgio Cabral em uma tentativa de fazer a subsidiária da BR Distribuidora comprar a Refinaria de Manguinhos, na Zona Norte do Rio. Cerveró relatou que o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, o ministro Henrique Eduardo Alves e o ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão fizeram pressão para que a BR Distribuidora comprasse Manguinhos. Conforme Cerveró, “havia problemas relacionados à questão ambiental, mas Lobão dissera já estar acertado entre Eduardo Cunha e Sergio Cabral que a licença ambiental sairia. O negócio poderia girar em torno de 50 milhões de dólares e, por ser muito favorável ao vendedor, poderia gerar uma propina também muito grande, pois era a venda de um ‘mico'”, contou aos investigadores. O negócio não saiu, disse, por causa da deflagração da Lava Jato: “Se essa pressão fosse antes, com certeza seria irresistível, isto é, o negócio se concretizaria”. (Felipe Frazão, de Brasília)

Member of The Internet Defense League