Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Braço-direito de Cunha, secretário-geral da Câmara pode ser o próximo alvo de Maranhão

Depois de tentar anular o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), pode tomar uma outra decisão para contrariar Eduardo Cunha (PMDB-RJ): afastar do posto o secretário-geral da Casa, Silvio Avelino, que assumiu a função durante a gestão de Cunha e era tido como um dos principais conselheiros do peemedebista em questões regimentais. Avelino ocupa um cargo de confiança de indicação do presidente da Casa e, desde sexta-feira, aventa-se a possibilidade de que ele, servidor há mais de 40 anos, perca o cargo na cúpula da Câmara. Nos bastidores, fala-se que um servidor da liderança do governo deve assumir a função. (Marcela Mattos, de Brasília)

Member of The Internet Defense League