Clique e assine com 88% de desconto

Isinbayeva critica veto à Rússia: ‘É puramente político’

Time teve o corte definido na manhã desta quinta (21)

Por da Redação - 21 jul 2016, 12h22

Logo após a decisão final da Corte Arbitral do Esporte (CAS) ter definido o veto do time russo de atletismo, a campeã olímpica e mundial de salto com vara, Yelena Isinbayeva debochou da decisão e lamentou seu corte dos Jogos.


“Era, sim, uma esperança. Vão todos esses atletas estrangeiros ‘amigos’ exalar o alívio em ganhar suas medalhas, pseudo-ouro, na nossa ausência. O poder sempre temido”, disse à russa em sua conta no Instagram.

Depois, em entrevista à agência de notícia russa, TASS, a atleta repetiu sua indignação, dizendo que não se tratava de uma decisão esportiva, contra o doping. “Obrigada a todos por terem enterrado o atletismo. Isso é puramente político”, disse a russa.
Na manhã desta quinta (21), o CAS anunciou o veto do Comitê Olímpico do país para os 68 classificados para os Jogos para disputar o atletismo. Os vetados, no entanto, podem participar das Olimpíadas como independentes. Até o fim de semana, o COI vai definir a proibição ou não de toda a delegação russa nos Jogos.
Publicidade