Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

22 brasileiros jogarão a Liga Chinesa de 2016

Conheça todos os 80 estrangeiros do torneio que começa em março

Fechou no começo da tarde desta sexta-feira (26) a janela de transferência do futebol chinês. Neste ano de 2016, 22 jogadores brasileiros jogarão o torneio.

Apenas cinco dos 16 clubes que disputam a competição não terão brasileiros, que são maioria dos estrangeiros no torneio. Cada clube pode ter quatro estrangeiros de todo o mundo e mais um com cidadania asiática, somando 80 estrangeiros em todo o torneio, dos quais 22 são brasileiros.
E o Brasil poderia ter 23 jogadores, mas Sammir jogará o torneio como croata, já que se naturalizou .
O torneio ainda terá dois treinadores brasileiros. Luiz Felipe Scolari comandará o Guangzhou Evergrande, em busca de mais um título chinês. Já Mano Menezes comandará o Shandong Luneng.
A Superliga chinesa começa no dia 4 de março, na próxima sexta-feira.
Estrangeiros na Liga Chinesa
22 – Brasil
10 – Coreia do Sul
7 – Austrália
4 – Argentina
4 – Colômbia
3 – Croácia
3 – Costa do Marfim
3 – Senegal
2 – Uzbequistão
2 – Turquia
2 – França
2 – Sérvia
2 – Suécia
2 – Zâmbia
1 – Bolívia
1 – Grécia
1 – Camarões
1 – Dinamarca
1 – Filipinas
1 – República Democrática do Congo
1 – Nigéria
1 – Portugal
1 – Venezuela
1 – Moçambique
1 – Gâmbia
1 – Gana
Estrangeiros por clube
Beijing Guoan:  Renato Augusto (BRA), Kléber (BRA), Ralf (BRA) e Burak Yilmaz (TUR) – Asiático: Egor Krimets (UZB)
Changchun Yatai: Marcelo Moreno (BOL), Darko Matic (CRO), Julien Gorius (FRA) e Ognjen Ozegovic (SER) – Asiático: Anzur Ismailov (UZB)
Chongqing Lifan: Emanuel Gigliotti (ARG), Fernandinho (BRA), Jael (BRA) e Goran Milovic (CRO) – Asiático: Woo-young Jung (COR)
Guangzhou Evergrande: Alan Carvalho (BRA), Ricardo Goulart (BRA), Paulinho (BRA) e Jackson Martínez (COL) – Asiático: Young-Gwon Kim (COR)
Guangzhou R&F: Bruninho (BRA), Renatinho (BRA), Apostolos Giannou (GRE) e Gustav Svensson (SUE) – Asiático: Hyun-Soo Jang (COR)
Hangzhou Greentown: Tim Cahill (AUS), Matthew Spiranovic (AUS), Denílson Gabionetta (BRA) e Davy Claude Angan (CMF) – Asiático: Beom-Seok Oh (COR)
Hebei CFFC: Ezequiel Lavezzi (ARG), Stéphane Mbia (CAM), Gervinho (CMF), Gaël Kakuta (FRA) – Asiático: Ersan Gülüm (AUS/TUR)
Henan Jianye: Ivo (BRA), Eddi Gomes (DIN), Javier Patiño (FIL), Osman Sow (SUE) – Asiático: Ryan McGowan (AUS)
Jiangsu Suning: Jô (BRA), Ramires (BRA), Alex Teixeira (BRA) e Sammir (CRO) – Asiático: Trent Sainsbury (AUS)
Liaoning Whowin: Michael Thwaite (AUS), Assani Lukimya (CON), Ibrahima Touré (SEN) e James Chamanga (ZAM) – Asiático: James Troisi (AUS)
Shandong Luneng: Walter Montillo (ARG), Aloísio (BRA), Gil (BRA) e Diego Tardelli (BRA) – Asiático: Jucilei (PAL/BRA)
Shanghai Greenland: Fredy Guarín (COL), Giovanni Moreno (COL), Obafemi Martins (NIG) e Demba Ba (SEN) – Asiático: Kee-hee Kim
Shanghai SIGP: Darío Conca (ARG), Elkeson (BRA), Jean Evrard Kouassi (CMF) e Asamoah Gyan (GAN) – Asiático: Ju-Young Kim
Shihiazhuang Ever Bright: Diego Maurício (BRA), Rúben Micael (POR), Mario Rondón (VEN) e Jacob Mulenga (ZAM) – Asiático: Yong-Hyung Cho (COR)
Tianjin Teda: Wágner (BRA), Fredy Montero (COR), Zainadine Júnior (MOZ) e Mbaye Diagne (SEN) – Asiático: Aleksander Jovanovic (AUS)
Yanbian Fude: Bubacarr Trawally (GAM), Nikola Petkovic (SER), Tae-Goon Ha (COR), Bit-Garam Yoon (COR) – Asiático: Seung-Da Kim