Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Volodymyr Groysman é o novo primeiro-ministro da Ucrânia

O mais jovem premiê da história do país promete acabar com a corrupção e acelerar reformas

O Parlamento ucraniano aprovou nesta quinta-feira o nome de Volodymyr Groysman como novo primeiro-ministro, que terá como objetivo acabar com a crise provocada pelo conflito com os separatistas pró-Rússia do leste do país. No total, 257 deputados votaram a favor da resolução – 31 votos a mais do que o mínimo necessário para a aprovação – que confirma a nomeação de Groysman, um aliado fiel do presidente Petro Poroshenko.

Aos 38 anos, Groysman torna-se o mais jovem primeiro-ministro da história do país. Ele prometeu “acelerar as reformas europeias” e lutar contra a corrupção, que considera uma das principais “ameaças” para a Ucrânia.

“Entendo as ameaças diante de nós. Em particular, gostaria de destacar três ameaças: corrupção, governança ineficaz e populismo, tão ruim quanto os inimigos no leste da Ucrânia”, disse, em referência aos separatistas pró-Rússia. “Vou mostrar o que liderar um país realmente significa”.

Leia mais:

Primeiro-ministro da Ucrânia renuncia ao cargo em meio a crise política

Político ucraniano acusa missão da UE de ‘tomar uísque o dia todo’

Funcionários ucranianos são detidos em reunião transmitida ao vivo pela TV

Groysman, que era líder do Parlamento ucraniano, substitui Arseniy Yatsenyuk, que renunciou no domingo, dia 10, em meio a críticas pela lentidão das reformas e vários casos de corrupção. Yatsenyuk enfrentava uma onda de pressão por parte de todos os membros da coalizão parlamentar que apoiava seu governo, incluindo o próprio presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, e da formação política que leva seu nome.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League