Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeo: eleitor de Trump dá soco em manifestante negro durante comício

“Da próxima vez que nós o virmos, talvez tenhamos que matá-lo”, afirmou o idoso que agrediu o rapaz

Um eleitor de 78 anos do pré-candidato republicano Donald Trump foi preso acusado de agressão durante um comício do magnata em Fayetteville, na Carolina do Norte. O aposentado John McGraw deu um soco no rosto de um manifestante negro na noite de quarta-feira, quando um grupo que protestava contra a candidatura de Trump era retirado do ginásio onde acontecia o evento político.

Câmeras de celulares registraram o momento em que John McGraw atingiu Rakeen Jones no rosto, enquanto o jovem de 26 anos era conduzido para fora do local por seguranças. Em entrevista ao site Inside Edition, McGraw afirmou que o manifestante mereceu o soco. “Da próxima vez que nós o virmos, talvez tenhamos que matá-lo. Não sabemos quem ele é. Ele pode ser membro de uma organização terrorista”.

O vídeo foi compartilhado nas redes sociais e causou indignação, principalmente porque o idoso não foi preso em flagrante pela polícia e voltou com tranquilidade para seu lugar após a agressão.

Leia mais:

Ex-concorrente republicano Ben Carson declara apoio a Donald Trump

Em debate, Hillary e Sanders fazem de Trump o inimigo em comum

Trump vence primárias republicanas em Michigan

De acordo com o porta-voz da polícia local, Sean Swain, McGraw foi preso na quinta-feira pela manhã, acusado de agressão e conduta desordeira e deverá comparecer a um julgamento em abril. Ele deixou a cadeia após pagar fiança de 2.500 dólares.

Rakeen Jones também falou ao Inside Edition e afirmou estar satisfeito com a prisão de McGraw. Contudo, criticou a ação da polícia e afirmou que não sabe ao certo por que foi retirado do ginásio. “Donald Trump provavelmente não se importa com o que aconteceu. Ele já está envolvido no próximo evento”, disse. “Se eu puder irei a outro comício do Trump.”

Vídeo: Apoiador de Trump dá soco em protestante negro


(Da redação)

Member of The Internet Defense League