Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Trump adia comício em Chicago após confrontos

Eleitores do pré-candidato republicano e manifestantes trocaram agressões no ginásio da Universidade de Illinois, onde aconteceria um evento de campanha do empresário

Confrontos entre partidários e opositores de Donald Trump fizeram o pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos adiar um comício que seria realizado nesta sexta-feira, em Chicago. As principais emissoras americanas exibiram cenas de caos dentro do pavilhão da Universidade de Illinois, onde aconteceria o comício. As imagens mostraram manifestantes contra e a favor de Trump exaltados, trocando socos e empurrões no ginásio lotado.

Em comunicado, a campanha do republicano anunciou que, após um encontro com as autoridades policiais, Trump decidiu adiar o evento “pela segurança das milhares de pessoas reunidas dentro e fora do pavilhão”.

Os protestos contra o magnata em Chicago foram organizados há vários dias. Milhares de pessoas se reuniram nos arredores da universidade horas antes do horário marcado para o discurso de Trump para protestar contra as propostas do pré-candidato. Dentro do ginásio, a tensão crescente entre partidários e manifestantes terminou em confusão.

Uma pessoa chegou a subir no palanque no qual Trump falaria, mas logo foi rendida pelos agentes de segurança. Enquanto os apoiadores do republicano entoavam o nome de Trump, parte dos manifestantes respondia com gritos em apoio ao pré-candidato democrata Bernie Sanders.

A tensão nos comícios de Trump vem crescendo nos últimos dias. Em um evento de campanha do republicano na Carolina do Norte, na quarta-feira, um dos eleitores do empresário socou um manifestante negro que protestava dentro do ginásio contra a candidatura de Trump.

(Com agência EFE)

Member of The Internet Defense League