Clique e assine com 88% de desconto

Prováveis candidatos, Trump e Hillary buscam apoio em primárias

Nesta terça-feira, serão realizadas prévias em Nebraska e West Virginia

Por Da Redação - 10 maio 2016, 15h10

O processo de eleições primárias que define os candidatos à presidência dos Estados Unidos terá nesta terça-feira duas etapas de pouco apelo, nos Estados de Nebraska e West Virginia. Donald Trump e Hillary Clinton já são os favoritos a representar os republicanos e democratas, respectivamente, nas eleições de novembro. Agora, resta a eles conquistar mais delegados e, assim, chegar mais perto da indicação de seus partidos.

Os eleitores republicanos vão às urnas em Nebraska, Estado que envia 36 delegados à convenção do partido em julho, e também em West Virginia, onde estão em jogo outros 34 delegados. Faltam menos de 200 delegados para Trump, o único republicano que segue na disputa, somar os 1.237 necessários para se transformar oficialmente no candidato do partido.

Já os democratas só irão às urnas em West Virginia, Estado que possui 29 delegados habilitados para a convenção do partido, que também ocorre em julho, na Filadélfia. As pesquisas no Estado dão vantagem a Sanders sobre Hillary. Apesar disso, a ex-primeira-dama está perto de obter os 2.383 delegados necessários para se tornar a candidata democrata.

Leia mais:

Continua após a publicidade

Trump diz não precisar de unidade do Partido Republicano para se eleger

Confiante, Trump diz que eleitores não precisam mais votar nas primárias

Trump diz que “ama hispânicos” nas redes sociais

A batalha entre Hillary e Sanders, que surpreendeu as pesquisas e venceu em Indiana na semana passada, tem levado Trump a se vangloriar. O magnata vem provocando Hillary nos últimos dias, dizendo que ela “não consegue encerrar o assunto” com Sanders, seu único rival dentro do partido desde 1º de fevereiro. A democrata, por sua vez, disse que vai ignorar os insultos pessoais de Trump.

Continua após a publicidade

Eleições gerais – Trump e Hillary estão empatados em intenções de voto para as eleições gerais de novembro em três Estados-chave: Flórida, Ohio e Pensilvânia, segundo uma pesquisa divulgada nesta terça-feira.

A apuração, realizada pela Universidade Quinnipiac, indicou que Hillary tem 43% das intenções de voto na Flórida contra 42% de Trump, mesmas porcentagens da Pensilvânia. Quanto a Ohio, Trump tem 43% e Hillary, 39%, de acordo com a pesquisa, realizada entre 27 de abril e 8 de maio com mais de 1.000 eleitores em cada Estado, e cuja margem de erro é de três pontos percentuais.

(Da redação com EFE e Reuters)

Publicidade