Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Projeto de lei para submeter Maduro a referendo avança na Venezuela

O Parlamento da Venezuela, controlado pela oposição, deu a aprovação preliminar para uma lei que pode levar o país a um referendo revogatório do presidente Nicolás Maduro. Durante um debate nesta quinta-feira, os congressistas oposicionistas disseram esperar que a iniciativa impulsione uma transição pacífica de poder até o final de 2016.

Membros do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), a sigla de Maduro e que controla a maioria das instituições do Estado, afirmaram que a legislação representa uma tentativa de golpe. O Congresso pode dar a aprovação final à medida ainda este mês.

Leia também:

Vargas Llosa exalta Argentina e vê decadência do populismo na América Latina

Maduro desafia opositores e diz que permanecerá no poder

Uma votação que pode levar ao fim do governo de Maduro é uma das várias estratégias dos oposicionistas para retirar o chavista do poder. A oposição culpa a administração atual pelos problemas de escassez de vários produtos, pela profunda recessão e pela altíssima inflação na Venezuela.

A oposição venezuelana também tem convocado protestos nas ruas do país, a partir deste sábado. Além disso, busca aprovar uma emenda constitucional que pode reduzir o mandato de Maduro. Eleito em 2013, o presidente tem um mandato de seis anos, pelas regras atuais.

(Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League