Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Primeiro-ministro belga prevê novos ataques terroristas na Europa

Para Charles Michel, ameaça terrorista deve ser combatida com a melhora dos serviços de informação já existentes

O primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel, afirmou neste sábado, em entrevista ao jornal La Libre Belgique, que é possível que ocorram novos ataques terroristas na Europa, incluindo na Bélgica, destacando que o “risco zero não existe”. Na entrevista, ele diz que o alerta de risco de atentado se mantém no nível três, de uma escala de quatro, considerado um nível preocupante.

Leia também:

Aeroporto de Bruxelas reabrirá parcialmente neste domingo

Bélgica aprova extradição do terrorista Salah Abdeslam, peça-chave dos atentados de Paris

Abdeslam diz estar disposto a colaborar com autoridades francesas

UE discute como reforçar a segurança nos 800 aeroportos do bloco

Michel ainda reconheceu que a coordenação entre os diferentes serviços de informação deve melhorar, mas considera que uma nova reforma do Estado não resolverá a luta contra a ameaça terrorista. “A prioridade hoje é fazer funcionar as instituições existentes”, disse. “Devemos pôr em marcha tudo o que for necessário para melhorar a nossa capacidade de ação no domínio da segurança”.

Os atentados no aeroporto de Zaventem e na estação de metrô de Maelbeek, no dia 22 de março, deixaram 32 mortos e 340 feridos. Os ataques foram reivindicados pelos extremistas do Estado Islâmico e perpetrados por três bombistas suicidas.

(Com Agência Brasil)

Member of The Internet Defense League