Clique e assine com 88% de desconto

Polícia apreende na Colômbia a maior carga de cocaína da história

Ao menos 8 toneladas da droga foram encontradas em um depósito subterrâneo em Altero, noroeste do país

Por Da Redação - 16 maio 2016, 13h21

Pelo menos oito toneladas de cocaína foram apreendidas neste domingo pela polícia colombiana no noroeste do país, a maior quantidade já confiscada na história, segundo o presidente colombiano, Juan Manuel Santos.

A droga pertencia ao grupo criminoso Clan Úsuga, o maior do país, e foi encontrada em Altero, município do departamento de Antioquia, na região de Urabá, informou o Ministério da Defesa colombiano. “Parabéns à polícia da Colômbia: operação em Altero apreendeu a maior quantidade de droga na história. Golpe contundente contra criminosos”, disse Santos em sua conta no Twitter.

Leia também:

Governo colombiano e Farc fecham acordo para que menores de 15 anos deixem guerrilha

Continua após a publicidade

Juiz autoriza extradição do traficante ‘El Chapo’ aos EUA

Segundo a polícia, os traficantes tinham escondido a cocaína em um depósito subterrâneo de 6,5 metros de comprimento (3,5 metros de largura e profundidade de 2,5 metros), cujo interior era forrado com madeira e coberto com uma camada de cimento. O dono da droga é o segundo no comando do Clan Úsuga, Roberto Vargas Gutiérrez, conhecido como Gavilán, de acordo com um comunicado divulgado pelas autoridades locais.

O governo colombiano oferece uma recompensa de 500 milhões de pesos (600.000 mil reais) pela cabeça do criminoso, acrescentou o comunicado. A polícia afirma que a cocaína estava pronta para ser transportada pelo Caribe rumo à América Central, de onde aparentemente seria enviada aos Estados Unidos.

(Com agência EFE)

Publicidade