Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre último sobrevivente da revolta no campo nazista de Treblinka

Samuel Willenberg foi um dos instigadores da revolta em campo de concentração na Polônia

Samuel Willenberg, último sobrevivente da rebelião de prisioneiros do campo de extermínio nazista de Treblinka, na Polônia, morreu aos 93 anos. Ele será enterrado na segunda-feira, informou neste domingo Yad Vashen, o memorial do Holocausto em Jerusalém.

Nascido na Polônia, Samuel Willenberg foi um dos instigadores da revolta em Treblinka, um dos poucos motins realizados nos campos de extermínio durante a Segunda Guerra Mundial. Com outras 200 pessoas, ele conseguiu escapar do campo onde cerca de 870.000 judeus foram massacrados em 13 meses.

Durante a revolta, os deportados queimaram uma parte do campo antes de se precipitarem até as cercas elétricas, sob os disparos dos nazistas, que mataram a maioria dos rebeldes. Samuel Willenberg, ferido na perna, conseguiu fugir.

Após escapar de Treblinka, Willenberg engrossou a resistência polonesa e depois, ao terminar a guerra, serviu o exército do país. Em 1950, mudou-se para Israel, onde trabalhou como funcionário no Ministério da Habitação. Uma vez aposentado, dedicou-se à escultura. Suas obras estão relacionadas ao trauma do Holocausto – suas duas irmãs foram assassinadas em Treblinka.

(Com AFP)

Member of The Internet Defense League