Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moderados ampliam representação no Irã, apontam resultados não oficiais de eleições

Votação para o Parlamento e a Assembleia dos Peritos pode acelerar a abertura do país para o mundo ocidental

Iranianos moderados e reformistas que apoiam o presidente Hassan Rouhani marcaram forte presença nas eleições que podem acelerar a abertura do Irã para o mundo ocidental, de acordo com resultados preliminares não oficiais divulgados na manhã deste sábado. São as primeiras eleições depois do acordo nuclear com as potências do Ocidente que abriu caminho para o fim das sanções econômicas contra o país.

Milhões de pessoas se aglomeraram nas estações de voto na sexta-feira na votação para o Parlamento e para a Assembleia de Peritos, que é responsável pela escolha (ou a destituição) do líder supremo do país. O pleito é considerado por analistas um potencial ponto de virada para o Irã, onde cerca de 60% da população de 80 milhões de pessoas tem menos de 30 anos.

Funcionários do Ministério do Interior disseram que a contagem dos votos na capital Teerã e em outras cidades ainda não estava finalizada, mas os resultados preliminares noticiados pelas agências Fars e Mehr News indicaram que reformistas e independentes ligados a eles estavam liderando contra os candidatos tidos como “linha dura”.

Mesmo que os reformistas não saiam das urnas com uma maioria nos 290 assentos do Parlamento, que é dominado desde 2004 pelos políticos conservadores anti-Ocidente, analistas dizem que eles vão assegurar uma presença maior do que nas eleições passadas.

(Com agência Reuters)

Member of The Internet Defense League