Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Keiko Fujimori vence eleições, mas terá de disputar 2º turno

A candidata presidencial Keiko Fujimori saiu à frente nas eleições presidenciais deste domingo no Peru; mas terá de disputar um segundo turno contra o ex-ministro Pedro Pablo Kuczynski ou com a congressista Verónika Mendoza, que estão tecnicamente empatados no segundo lugar, de acordo com diversas pesquisas de boca de urna divulgadas após o fechamento das mesas de votação.

Segundo dados do Instituto Ipsos, Fujimori tem 37,8% dos votos válidos, Kuczynski 20,9% e Mendoza 20,3%. A pesquisa da empresa GFK tem resultados similares, enquanto a da TPI dá uma pequena vantagrem a Kuczynski, com 19,7% dos votos, enquanto Mendoza aparece com 18,8%.

Estes números extraoficiais são os primeiros divulgados após o fechamento dos centros de votação, aos quais foram convocados hoje mais de 22 milhões de peruanos.

Todas as empresas pesquisadoras assinalaram que, dado o empate técnico na segunda posição, será preciso esperar os dados oficiais, que o Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE) começará a divulgar a partir de 21h (horário local, 23h de Brasília).

A expectativa, além disso, é que na definição do candidato que disputará a presidência com Keiko Fujimori terá grande peso o voto dos peruanos no exterior e os emitidos nas áreas rurais mais afastadas do país, que são os últimos a serem apurados.

Os principais candidatos votaram antes do meio-dia em seus respectivos locais de votação, enquanto o chefe do ONPE, Mariano Cucho, reconheceu que a demora na abertura de algumas mesas eleitorais provocará um atraso na apuração, cujo resultado final só deverá ser conhecido nesta segunda-feira.

O Ministério da Defesa desdobrou cerca de 50.000 militares para resguardar a segurança do processo nas mais de 12.000 mesas eleitorais instaladas em todos os departamentos do país.

Mais de 300 observadores de organismos nacionais e internacionais, entre eles a União Europeia (UE), a Organização dos Estados Americanos (OEA) e a União de Nações Sul-Americanas (Unasul), acompanharam o processo eleitoral nas distintas regiões peruanas.

Para estas eleições foram convocados 21,3 milhões de peruanos para escolher o presidente, dois vice-presidentes, 130 congressistas e 15 representantes do Parlamento Andino para o período 2016-2021.

(Com EFE)

Member of The Internet Defense League