Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

John Kerry: Diálogo sírio vai testar se Assad é capaz de negociar com boa-fé

Secretário de Estado americano falou sobre a segunda rodada de negociações de paz, que deve acontecer em Genebra na semana que vem

As iminentes negociações de paz sobre a transição política na Síria testarão se o presidente da Síria, Bashar Assad, é capaz de negociar com boa-fé, disse nesta terça-feira o secretário de Estado americano, John Kerry, antes de uma nova rodada de diálogo em Genebra.

Assad tem dito acreditar que as negociações de Genebra podem produzir um novo governo sírio, que inclua opositores, independentes e situacionistas, mas tem rejeitado a ideia de uma autoridade de transição.

Leia também:

Conflito na Síria completa cinco anos; relembre os principais fatos

Putin anuncia retirada de tropas russas da Síria

Após trégua, oposição síria aceita participar das negociações de paz

Por outro lado, a oposição síria tem afirmado de forma consistente que deseja uma suspensão dos ataques contra civis e que espera que as negociações de Genebra resultem em um governo de transição que não inclua Assad.

“O crucial agora é se Assad é capaz de negociar com boa-fé, e nós temos que colocar isso a teste”, disse Kerry à TV Bloomberg em Nova York.

Em Genebra, Ahmad Fawzi, porta-voz da Organização das Nações Unidas, afirmou à imprensa que a segunda rodada de negociações de paz deve ser retomada na segunda-feira na cidade suíça. O mediador da ONU, Staffan de Mistura, estava em Moscou nesta terça para preparar o diálogo.

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League