Clique e assine com 88% de desconto

Homem é preso por ameaças de morte a Obama e pré-candidatos dos EUA

Joseph Goode, de 21 anos, disse que iria usar um fuzil para matar o presidente dos Estados Unidos

Por Da Redação - 8 abr 2016, 17h29

Um homem do Estado de Nova York foi preso nesta sexta-feira por ter ameaçado matar o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o ex-presidente Bill Clinton e pré-candidatos presidenciais dos partidos Democrata e Republicano, disseram autoridades dos EUA.

Joseph Goode, de 21 anos e de Cheektowaga, em Nova York, disse que iria usar um fuzil para matar Obama, afirmou o escritório do procurador federal William Hochul em Buffalo, Nova York. Ele também ameaçou matar Clinton e sua esposa, a pré-candidata democrata Hillary Clinton, assim como os pré-candidatos republicanos Donald Trump e Ted Cruz.

Leia também:

Tiroteio em base militar do Texas deixa dois mortos

Continua após a publicidade

Bill Clinton discute com manifestantes durante comício de Hillary

Texas executa homem que matou um jovem e bebeu seu sangue

Goode disse ser “o tipo de pessoa pronta para atirar em um lugar público” e que queria “ver o mundo pegar fogo”, de acordo com os procuradores. A Procuradoria não revelou onde ou a quem o homem fez essas ameaças. A audiência inicial do caso de Goode será realizada nessa sexta-feira no tribunal federal de Buffalo, em Nova York. Ele pode ser sentenciado a até cinco anos de prisão caso seja condenado.

(Com agência Reuters)

Publicidade