Clique e assine com 88% de desconto

Homem é preso nos EUA por ameaçar de morte congressistas democratas

John Kless, de 49 anos, foi detido acusado de ameaça contra um senador e dois deputados e por mensagens xenofóbicas contra uma quarta parlamentar

Por Da Redação - 19 abr 2019, 19h54

A Justiça da Flórida, nos Estados Unidos, prendeu um homem por ameaçar matar três congressistas filiados ao Partido Democrata.

John Kless, de 49, enviou mensagens de voz ameaçadoras para ao menos três parlamentares democratas: o senador Corey Booker e os deputados Eric Swalell e Rashida Tlaib, segundo depoimento de um agente.

“Vocês, oficiais do governo, estarão nos túmulos aonde pertencem”, disse Kless a Booker.

Nos telefonemas, o homem ainda mandou mensagens racistas e xenofóbicas ligadas à deputada muçulmana Ilhan Omar. Ele definiu Omar como uma “talibã” com “toalha na cabeça”, em referência ao hijab, véu islâmico utilizado pela parlamentar.

Continua após a publicidade

“Depois do que aquela cadela talibã disse sobre o 11 de setembro? (…) Você é uma maldita desgraça. Nós temos que matar todos vocês”, disse. Kless mora em Tamarac, ao norte de Miami.

Em outubro do ano passado, outro homem da Flórida, de nome Cesar Sayoc, foi preso por enviar pacotes de bombas a importantes nomes do Partido Democrata.

(Com AFP)

Publicidade