Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França era alvo original dos terroristas de Bruxelas

Grupo acabou mudando de ideia diante do avanço das investigações

Os terroristas responsáveis pelos ataques que mataram 32 pessoas na Bélgica no mês passado planejavam atacar inicialmente a França, mas acabaram mudando de ideia, informaram neste domingo autoridades belgas.

Leia mais:

Bélgica divulga novas imagens do terrorista que atacou o aeroporto

Bélgica aprova extradição do terrorista Salah Abdeslam, peça-chave dos atentados de Paris

UE discute como reforçar a segurança nos 800 aeroportos do bloco

Em comunicado à imprensa, o Ministério Público belga informa que os terroristas foram surpreendidos pelo avanço das investigações contra o grupo – a polícia havia fechado o cerco à casa em que o grupo vivia. Por isso, acabaram decidindo “de última hora” atacar Bruxelas. As informações foram passadas aos investigadores por Mohamed Abrini, apontado como o terceiro terrorista que sobreviveu ao atentado.

A Promotoria informou que um juiz de instrução acusou Abrini neste domingo de participação nos assassinatos de 22 de março no metrô de Bruxelas. Ele já responde por participação nos ataques de 13 de novembro em Paris.

Member of The Internet Defense League