Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filho de político é liberado após 5 anos sequestrado no Paquistão

Seu pai, governador de Punjab, foi assassinado por defender uma revisão da lei sobre a blasfêmia

O filho de um governador paquistanês assassinado por um extremista islâmico foi liberado nesta terça-feira pelas forças de segurança nacionais após permanecer sequestrado desde 2011. O resgate foi confirmado uma semana depois da execução do assassino de seu pai. “As forças de segurança fizeram uma batida nos arredores de Quetta (capital da província do Baluchistão, no sudeste do país) e libertaram Shahbaz Tasir. Ele se encontra são e salvo”, disse um porta-voz do governo provincial, Anwar Haq Kakar.

O porta-voz desconhece se foram realizadas detenções durante a operação no oeste do país. O escritório de Relações Públicas do Exército confirmou a libertação em um breve comunicado. Shahbaz Tasir foi sequestrado por homens não identificados no bairro residencial de Gulberg, um dos mais tranquilos da cidade de Lahore, no leste do país, em agosto de 2011.

Leia também:

Governador paquistanês morto criticava lei da blasfêmia

Filme indicado ao Oscar força Paquistão a confrontar ‘crimes de honra’ contra mulheres

A libertação ocorre uma semana depois da execução de Mumtaz Qadri, assassino de seu pai, que foi enforcado em 29 de fevereiro. Qadri era o policial encarregado da proteção de Salmaan Taseer, governador da província mais povoada do país, Punjab. Ele confessou ter matado Taseer com 28 balas no centro de Islamabad. O governador era favorável a uma revisão da lei sobre a blasfêmia, que os círculos islamitas do país defendem com unhas e dentes, e defendeu a cristã Asia Bibi, condenada à morte por esse crime.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League