Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA apresentam sanções mais duras contra a Coreia do Norte

Os Estados Unidos apresentaram um projeto ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas nesta quinta-feira que aumenta de forma drástica as restrições existentes para a Coreia do Norte, depois de o país ter realizado um teste nuclear em 6 de janeiro, e cria o regime de sanções mais duro das Nações Unidas em mais de duas décadas. A votação da resolução está prevista para ocorrer no final de semana, reportou a rede britânica BBC.

O projeto prevê inspeções obrigatórias pelos membros das Nações Unidas de toda a carga passando pelo seu território vindo ou a caminho da Coreia do Norte, na busca de bens ilícitos. Antes, a exigência era que os países só fizessem isso quando houvesse motivos razoáveis para acreditar que havia carga ilícita.

Leia mais:

EUA e China chegam a acordo para novas sanções contra Coreia do Norte

Obama aprova novas sanções contra a Coreia do Norte

O texto fecha uma brecha no embargo de armas para Pyongyang, ao banir todas as importações e exportações de armamento.

Também haveria uma proibição sem precedentes para enviar à Coreia do Norte qualquer item que pudesse contribuir com a capacidade operacional de suas Forças Armadas do regime, como caminhões que pudessem ser adaptados para fins militares.

Outras medidas propostas incluem uma proibição para todos os suprimentos de combustíveis de aviões e foguetes, uma exigência para que países expulsem diplomatas norte-coreanos envolvidos em atividades ilegais e uma lista negra com 17 indivíduos norte-coreanos e 12 entidades, incluindo a agência aeroespacial, responsável pelo lançamento de um foguete em fevereiro.

(Com Reuters)

Member of The Internet Defense League