Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Equador: sobe para 272 o número de mortos após terremoto

O presidente do país, Rafael Correa, retornou de viagem oficial ao Vaticano e declarou que o número de vítimas pode aumentar ainda mais: ‘A tragédia é muito grande’

O presidente do Equador, Rafael Correa, informou no domingo que subiu para 272 o número de mortos no terremoto de 7,8 graus que atingiu o litoral norte do país no sábado. Outras 2.068 pessoas estão feridas. “A tragédia é muito grande”, afirmou Correa, que retornou às pressas ao país após uma viagem oficial ao Vaticano.

O presidente equatoriano afirmou que muitos corpos podem ainda não ter sido encontrados. “Temo que esse número [de vítimas] aumentará porque continua a remoção dos escombros.”

O terremoto – o mais forte no Equador desde 1979 – teve uma duração de aproximadamente um minuto e afetou seis províncias da costa equatoriana, de norte a sul.

Correa disse ainda que 10.000 membros das Forças Armadas e 4.005 policiais trabalham nas regiões mais afetadas e que os hospitais estão funcionando corretamente para dar assistência aos feridos. O presidente, que enviou uma mensagem de “infinito amor” e um “abraço solidário” a quem perdeu familiares, expressou sua gratidão aos bombeiros, soldados, policiais e funcionários que se mobilizaram perante a catástrofe. Correa também agradeceu a solidariedade de outros países.

Como consequência da destruição causada pelo tremor, cerca de cem presos fugiram de uma cadeia da cidade de Portoviejo, uma das mais afetadas pela catástrofe. Segundo a ministra da Justiça,Judy Zúñiga, trinta dos foragidos “foram recapturados” e alguns “retornaram voluntariamente ao centro penitenciário”.

(Com agências EFE e AFP)

Member of The Internet Defense League