Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enviado da ONU à Coreia do Norte pede julgamento de Kim Jong-un

O investigador de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu nesta segunda-feira que o ditador norte-coreano, Kim Jong-un, e outras autoridades da Coreia do Norte enfrentem julgamentos por terem cometido crimes contra a humanidade. Marzuki Darusman disse que a Coreia do Norte está utilizando grandes recursos para o desenvolvimento de mísseis nucleares e outras armas de destruição em massa enquanto cidadãos não têm comida suficiente.

Darusman fez um pronunciamento ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra. A União Europeia (UE) e os Estados Unidos apoiaram o pedido de prestação de contas, mas sem nomear o ditador. A China, aliada de Pyongyang, tomou um tom mais conciliador, dizendo que questões de direitos humanos não devem ser politizadas e pediu uma aproximação compreensiva ao lidar com a Coreia do Norte.

Leia também

Kim Jong-un diz que Coreia do Norte miniaturizou ogivas nucleares

EUA afirmam que ‘levam a sério’ ameaça de ataque da Coreia do Norte

Coreia do Norte ameaça Seul e EUA com ataque nuclear preventi

O ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Su Yong, em discurso ao fórum de Genebra em 1º de março, disse que iria boicotar qualquer sessão que examinasse o histórico do país e que “nunca” seria obrigado a aceitar qualquer resolução.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League