Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coreia do Norte volta a lançar míssil de médio alcance sem sucesso

O projétil teria caído poucos segundos após ser disparado, segundo o Ministério da Defesa da Coreia do Sul

A Coreia do Norte realizou nesta quinta-feira o lançamento fracassado de um míssil de médio alcance, informou o Ministério da Defesa da Coreia do Sul, dias depois de um teste similar também sem sucesso.

O projétil lançado hoje, que poderia ser o potente míssil Musudan com uma categoria de até 4.000 quilômetros, aconteceu por volta de 6h10 local (18h10, da quarta-feira em Brasília) nas imediações da cidade de Wonsan, ao sudeste do país, segundo um porta-voz de Defesa em Seul. O projétil teria caído poucos segundos após ser disparado, especificou o porta-voz.

Leia também:

Coreia do Norte posiciona 300 novos lança-foguetes na fronteira com o Sul

Coreia do Norte disparou míssil balístico submarino, afirma Seul

“Estamos investigando as causas pelas quais o lançamento fracassou”, indicou o representante de Defesa, após afirmar que as Forças Armadas sul-coreanas vigiam de perto os movimentos do Exército do país vizinho após esta nova “provocação”.

No último dia 15, autoridades do governo sul-coreano anunciaram que a Coreia do Norte realizou pela primeira vez um lançamento de seu potente projétil Musudan, embora este explodiu no ar depois de poucos segundos de voo.

Naquela operação fracassada, Pyongyang disparou o míssil a partir de uma plataforma de lançamento móvel onde havia, segundo Seul, um segundo projétil deste tipo, presumivelmente o que foi lançado hoje também sem sucesso.

Estes testes geram inquietação na comunidade internacional.

Leia mais:

Coreia do Norte marca primeiro congresso do partido único em quase 40 anos

Coreia do Norte fracassa em teste de míssil na principal data comemorativa do país

A Coreia do Norte realizou desde março vários lançamentos ao mar de projéteis de curto e médio alcance, em um ambiente de tensão pelas sanções ao país e as manobras militares de Seul e Washington em território sul-coreano.

As Forças Armadas de Seul se mantêm em alerta perante possíveis novas “provocações” da Coreia do Norte, incluída um quinto teste nuclear, nos dias prévios ao VII Congresso do Partido dos Trabalhadores norte-coreano, o primeiro em 36 anos, que começará em 6 de maio.

(Com EFE)

Member of The Internet Defense League