Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chinesa morre de fome ao ficar um mês presa em elevador

O equipamento foi desligado para manutenção sem que os funcionários percebessem a presença da mulher. Ela vivia sozinha e raramente recebia visitas

Uma chinesa de 43 anos foi encontrada morta após ficar presa no elevador de seu prédio por um mês. O incidente aconteceu na cidade de Xi’an, no norte da China. De acordo com as autoridades locais, a mulher, identificada apenas como Wu, morreu de fome.

A vítima ficou presa depois que funcionários da manutenção da empresa de elevadores desligaram a energia do equipamento no dia 30 de janeiro. Segundo um relatório sobre o caso, a equipe de manutenção gritou perguntando se havia alguém no elevador antes de desligá-lo, mas não obteve resposta. Os funcionários então saíram para o feriado estendido do Ano Novo chinês e só retornaram no dia 1 de março.

Leia também:

Campanha anticorrupção na China puniu 300 mil pessoas em 2015

China censurou 15 milhões de publicações e 28 mil páginas da web em 2015

As autoridades também informaram que as paredes do elevador estavam cobertas de arranhões feitos pela mulher. O governo chinês atribuiu à morte de Wu a “negligência grosseira” da companhia de manutenção. Duas pessoas no comando da empresa já foram presas e acusadas de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

A mulher vivia sozinha em seu apartamento e raramente recebia visitas. Segundo a polícia, ela sofria de uma doença mental desde o seu divórcio.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League