Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casa Branca descarta encontro entre Obama e Fidel em Cuba

Durante sua histórica viagem aos Estados Unidos entre os dias 20 e 22 de março, o presidente americano, Barack Obama, se reunirá com o ditador cubano, Raúl Castro, mas não com o ex-ditador Fidel Castro. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pelo vice-conselheiro para segurança nacional da Casa Branca, Ben Rhodes. Fontes disseram recentemente à imprensa que, apesar de não ter sido confirmada oficialmente, uma reunião entre Fidel e Obama era possível.

A assessora de segurança Nacional da Casa Branca, Susan Rice, confirmou que Obama irá se encontrar com dissidentes cubanos durante sua viagem à ilha. As questões dos direitos humanos e da democracia são os maiores entraves nas conversações sobre a retomada de relações diplomáticas.

Leia também

Obama apresenta plano para fechar prisão de Guantánamo

Casa Branca confirma que Obama se reunirá com dissidentes em Cuba

Obama visitará Cuba em 21 e 22 de março

EUA autorizam até 110 voos regulares diários para Cuba

Histórico – O presidente americano anunciou recentemente que irá realizar uma visita histórica a Cuba, tornando-se o primeiro mandatário do país a visitar a ilha em cerca de oito décadas. Segundo representantes da Casa Branca, a primeira-dama, Michelle Obama, acompanhará o chefe de Estado. A histórica viagem acontece em meio ao processo de retomada de relações entre os dois países, anunciado em dezembro de 2014.

(Com ANSA)

Member of The Internet Defense League