Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Autor de atentado suicida em Ancara era cidadão turco

Autoridades comprovaram identidade com amostras de DNA do pai do terrorista

O terrorista que provocou 29 mortes na quarta-feira passada na Turquia ao detonar um carro-bomba contra um comboio militar em Ancara é um cidadão turco, informaram nesta terça-feira autoridades do país. A identidade de Abdulbaki Sömer, nascido em Van, no sudeste da Turquia, foi comprovada a partir de amostras de DNA de seu pai.

Na semana passada, o governo turco havia assegurado que o suicida era um curdo-sírio chamado Salih Necar, registrado como refugiado na Turquia. Segundo a agência de notícias estatal Anadolu, o pai do terrorista contou à polícia que o filho era o responsável pelo ataque.

Leia mais:

Ataque deixa ao menos 29 mortos e 60 feridos na capital da Turquia

Turquia acusa milícia curda por atentado em Ancara

Mesmo após a confirmação da autoria do atentado, contudo, o governo turco insiste na relação entre Sömer e combatentes curdos na Síria. A agência de notícias estatal Anadolu informou que o turco Sömer juntou-se ao grupo curdo Partido dos Trabalhadores de Curdistão (PKK) em 2005 quando tinha 16 anos e permaneceu até 2014 nos montes Qandil, no nordeste do Iraque, base do PKK, que a Turquia considera uma organização terrorista.

A explosão ocorrida na quarta-feira, dia 17, atingiu três ônibus com militares que estavam sendo transportados para um quartel. Além dos 29 mortos, entre eles 20 militares turcos, o ataque deixou mais de 60 pessoas feridas.

(Da redação)

Member of The Internet Defense League