Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atentado do EI em funeral no Iraque deixa 40 mortos e dezenas de feridos

Pelo menos 40 iraquianos morreram e 45 ficaram feridos em um ataque suicida cometido na província de Diyala, no Iraque, nesta segunda-feira. O suicida explodiu seu colete de explosivos durante a realização de um funeral na cidade de Breshta e, segundo informações preliminares, o número de mortos previsivelmente aumentará pelo estado grave dos feridos.

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) assumiu a responsabilidade do atentado em comunicado divulgado em fóruns jihadistas na internet, no qual aumentou o número de vítimas a 60 mortos e 100 feridos, todos eles “xiitas”.

As forças de segurança iraquianas impuseram o toque de recolher na cidade e aumentaram as medidas de segurança para evitar conflitos.

Leia também:

Adolescente resgatada do EI dá entrevista sobre “vida muito difícil” no Iraque

Ontem, 55 pessoas morreram e outras 116 ficaram feridas em um duplo atentado suicida no distrito de Cidade Sadr, de maioria xiita, cuja autoria também foi assumida pelo EI. Uma moto-bomba explodiu no mercado de Mirdi em Cidade Sadr, situado no leste de Bagdá e reduto dos seguidores do influente líder xiita Moqtada al-Sadr, e, imediatamente depois, um suicida detonou seu colete de explosivos no mesmo local.

Além disso, na quinta-feira passada, pelo menos sete pessoas morreram e outras 31 ficaram feridas em dois ataques suicidas contra uma mesquita xiita de um bairro do noroeste da capital iraquiana.

Em junho de 2014, o EI tomou o controle de amplas áreas do Iraque e declarou um califado nos territórios que ocupa neste país e na vizinha Síria.

(Com EFE)

Member of The Internet Defense League