Clique e assine com 88% de desconto

Ataque de drone dos EUA mata 150 terroristas do Al Shabab na Somália

Por Da Redação - 7 mar 2016, 15h42

As forças armadas dos Estados Unidos mataram 150 integrantes do grupo terrorista Al Shabab na Somália com um ataque de um drone, informou nesta segunda-feira o porta-voz do Pentágono, Jeff Davis. O ataque aéreo foi realizado no sábado contra um acampamento da organização terrorista, filiada à rede Al Qaeda, a 195 quilômetros ao norte de Mogadíscio, capital do país.

Leia também:

Atentado contra hotel na capital da Somália deixa 12 mortos

Terroristas atacam hotel na Somália e deixam 7 mortos

Continua após a publicidade

De acordo com o Pentágono, o grupo terrorista estava planejando um ataque de grandes proporções. “Os combatentes treinavam lá e se preparavam para um ataque em grande escala. Sabemos que iam partir do campo e representavam uma ameaça iminente para as forças americanas e da União Africana”, afirmou Davis. O porta-voz não deu detalhes sobre o tipo de atentado que os terroristas estavam planejando.

“A eliminação dos terroristas reduzirá a capacidade do grupo em conseguir seus objetivos na Somália, tais como recrutar novos membros, estabelecer novas bases e programar ataques contra forças americanas e da Amison (Missão da União Africana na Somália)”, disse Jeff Davis. O Al Shabaab, ligado à Al Qaeda, foi expulso de Mogadíscio por Forças da União Africana em 2011, mas manteve-se como uma perigosa ameaça na Somália, lançando ataques frequentes na sua tentativa de derrubar o governo apoiado pelo Ocidente.

(Da redação)

Publicidade