Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ao lado de Trudeau, Obama faz piada sobre êxodo americano para o Canadá caso Trump seja eleito

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, se reuniu com o presidente americano na Casa Branca nesta quinta-feira

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebeu o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, nesta quinta-feira na Casa Branca e não perdeu a oportunidade para fazer piada sobre o súbito interesse dos americanos em se mudar para o Canadá, desencadeado pelo bom desempenho do pré-candidato republicano Donald Trump nas prévias da Super Terça.

“Sempre que temos eleições presidenciais, nossos amigos do norte têm de se preparar para um êxodo de americanos que prometem mudar-se para o Canadá caso o candidato do outro partido vença”, brincou o democrata. “Mas, normalmente, tudo costuma acabar bem”. Após a piada, os líderes se olharam e contiveram o riso.

Leia também:

EUA: com resultados da Super Terça, Google registra boom de buscas por ‘como mudar para o Canadá’

Ilha canadense oferece refúgio a americanos se Trump ganhar as eleições

Um pouco antes, no mesmo pronunciamento, Obama pediu para que não o culpassem pelo destaque de Trump na campanha eleitoral. “Os republicanos me culpam por muitas coisas, mas ser culpado por quem eles estão escolhendo é novidade”, disse.

Esta foi a primeira visita oficial de um líder canadense a Washington em cerca de duas décadas. No encontro, Obama e Trudeau, eleito em outubro com maioria absoluta, discutiram assuntos relacionados a comércio, meio ambiente e segurança.

Barack Obama e Justin Trudeau em pronunciamento na Casa Branca (10/03/2016) Barack Obama e Justin Trudeau em pronunciamento na Casa Branca (10/03/2016)

Barack Obama e Justin Trudeau em pronunciamento na Casa Branca (10/03/2016) (/)

(Da redação)

Member of The Internet Defense League