Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zidane promete ‘jogo belo e ofensivo’ no Real Madrid

Em sua primeira entrevista coletiva, o francês também disse que tentará implementar um estilo próprio em sua primeira investida como técnico de uma equipe principal

Apresentado de forma oficial como técnico do Real Madrid nesta terça-feira, Zinedine Zidane revelou em sua primeira entrevista coletiva que tentará impor um estilo de jogo diferente e relativamente parecido com o esquema tático de quando brilhou com a camisa 5 do Real na primeira metade dos anos 2000. Conhecido pelo futebol refinado dos tempos como jogador, o astro francês revelou que deseja montar uma equipe ofensiva e manterá o trio de ataque formado por Karim Benzema, Cristiano Ronaldo e Gareth Bale.

“Vou tentar fornecer um toque pessoal e ofensivo. Tentar seguir meu jogo como treinador e também que os jogadores se sintam bem em campo. Agora tenho que fornecer mais a meus jogadores e farei isso no dia a dia com nosso trabalho”, disse o francês de 43 anos.

Depois de ter jogado pelo Real de 2001 a 2006, Zidane voltou ao clube como auxiliar técnico em 2013 e no ano seguinte se tornou treinador do time B. Desde então, trabalhou direta ou indiretamente com José Mourinho, Carlo Ancelotti e Rafa Benítez. Contudo, ele garantiu que tentará imprimir um estilo próprio:

“É verdade que conheci Mourinho, Ancelotti e tive muitos treinadores como jogador. Sempre peguei algo de cada um. São treinadores de experiência e sempre me passaram algo importante. Agora, o que tenho que fazer é ser um treinador como eu quero. Todos me diziam o mesmo, que o importante era que fizesse o conveniente para os jogadores e minha equipe e que não poderia copiar outro treinador”, salientou.

Zidane e os filhos dão show em jogo de futsal em Dubai

Zidane atrai multidão em primeiro dia como técnico do Real Madrid

Perguntado se pode ser comparado a Josep Guardiola – que assim como ele foi um grande jogador e passou pelo comando da equipe B do Barcelona até montar um dos melhores times na história da equipe principal – o francês reiterou que não quer ser comparado a ninguém. “Guardiola é Guardiola, e eu vou tentar fazer o melhor possível. Guardiola é um técnico formidável, o que ele faz é impressionante. Nunca vou me comparar. Nunca fiz isso com o jogador e não farei como treinador, destacou”.

(Com EFE)

Member of The Internet Defense League