Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wada já registra 99 casos de doping por Meldonium

Substância utilizada pela tenista Maria Sharapova e outros três medalhistas olímpicos está proibida desde 1º de janeiro

A Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) revelou nesta sexta-feira que foram registrados 99 testes positivos para Meldonium, a substância encontrada em amostra da tenista russa Maria Sharapova no Aberto da Austrália e que passou a ser proibida em 1º de janeiro de 2016.

O porta-voz da Wada, Ben Nichols, disse à agência de notícias The Associated Press em um e-mail que, desde que a substância foi proibida em 1º de janeiro, “houve 99 resultados analíticos adversos registrados para o Meldonium”. Nichols não forneceu detalhes sobre quem testou positivo.

O Meldonium, uma substância produzida na Letônia para melhorar fluxo sanguíneo, é mais comum em países do leste da Europa e que fizeram parte da União Soviética. Sete dos 16 casos confirmados são de atletas russos, incluindo Sharapova, que admitiu que havia testado positivo na última segunda-feira, em uma entrevista coletiva. A tenista disse que consumiu Meldonium por dez anos em razão de vários problemas de saúde. As outras ocorrências envolvem atletas da Ucrânia, Geórgia e Suécia.

Leia também:

Doping por Meldonium, uma nova ameaça para a Rio-2016

O doping volta com tudo em 2016; relembre casos históricos

Sharapova é suspensa pela ITF até julgamento de caso de doping

Os atletas que falham em exames antidoping podem receber uma suspensão de até quatro anos por uma violação, mas reduções substanciais podem ser impostas se demonstrarem que não tinham a intenção de melhorar seu desempenho.

Sharapova é um dos quatro medalhistas olímpicos que testaram positivo para Meldonium. Os outros foram os patinadores russos Semyon Elistratov e Ekaterina Bobrova e o lutador georgiano Davit Modzmanashvili.

A Wada anunciou em setembro de 2015 que o Meldonium, que já foi usado para ajudar a aumentar a resistência das tropas soviéticas, seria proibido a partir de 2016, citando provas de que sua utilização provoca benefícios e também que a substância vinha sendo utilizada de modo generalizado no esporte internacional.

Após Sharapova anunciar o seu resultado positivo, a Wada recebeu críticas do governo russo. O ministro das Relações Exteriores do país, Sergei Lavrov, disse na última quinta-feira que o Meldonium nunca deveria ter sido banido, argumentando que ele não melhora o desempenho.

(com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League