Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vizeu marca dois e Flamengo vence Bangu com show dos garotos

O técnico Muricy Ramalho escalou uma equipe reserva para enfrentar o Bangu, no encerramento da fase de classificação do Campeonato Carioca, e não se arrependeu. O Flamengo venceu por 3 a 1, de virada, em jogo disputado na tarde deste sábado, no Raulino de Oliveira.

Os jovens Felipe Vizeu e Thiago Santos foram os melhores jogadores da equipe que conseguiu a vitória. Vizeu marcou dois e Thiago completou o marcador. Além da dupla, o treinador utilizou cinco jogadores da equipe que conquistou o título da Copa São Paulo. William Amendoim fez o único gol do Bangu.

O resultado fez o Rubro-negro da Gávea assumir a liderança do Grupo B com 19 pontos ganhos, mesma pontuação do Botafogo, que tem um jogo a menos. O Bangu é o terceiro colocado do Grupo A, com 11 pontos ganhos. Já classificado para a próxima etapa da competição, a equipe de Moça Bonita entrou com uma equipe mista, para poupar alguns titulares.

O Flamengo partiu para o ataque assim que a partida foi iniciada. A marcação adiantada impedia que o Bangu conseguisse sair da defesa e o time de Moça Bonita era obrigado a apelar para os chutões, única fora de afastar a bola das proximidades da sua área.

Mesmo controlando as ações, o time dirigido por Muricy Ramalho não conseguia ultrapassar a barreira montada pelo adversário nas imediações da grande área e o resultado é que o jogo ficou monótono.

Aos 13 minutos, o jovem Thiago Santos, uma das revelações da Copa São Paulo, tentou o “drible da vaca” para se aproximar da área, mas o goleiro André saiu com precisão e ficou com a bola. A resposta banguense veio com um chute de William Amendoim que Alex Muralha defendeu sem qualquer dificuldade.

O Flamengo seguia melhor e, aos 18 minutos, o volante argentino Canteros bateu, de longe, e a bola bateu no travessão e saiu, no melhor momento da equipe rubro-negra.

Aos 26 minutos, o Bangu marcou o primeiro gol. Após cruzamento da direita, Cesar Martins falhou de forma bisonha, Tiago Barreiros concluiu, o goleiro Alex Muralha defendeu parcialmente e William Amendoim não teve trabalho para empurrar a bola para as redes.

Depois de sofrer o gol, o Flamengo aumentou a pressão em busca do gol do empate. Aos 33 minutos, Chiquinho chutou com grande perigo. E o empate finalmente aconteceu aos 36 minutos. Ederson fez ótima jogada pela esquerda e cruzou, o goleiro André desviou e a bola acabou se oferecendo a André Vizeu. O atacante se livrou da marcação e chutou cruzado para decretar o empate. Foi o segundo gol de Vizeu na equipe profissional.

Aos 40 minutos, quase que o Flamengo desempatou. Após bom lançamento de Thiago Santos para Pará, o cruzamento do lateral encontra Gabriel que bateu de primeira, mas a bola desviou na zaga e saiu para escanteio.

O time da Gávea desempatou aos 46 minutos. Pará recebeu em condição irregular e cruzou para Thiago Santos dominar e bater no canto esquerdo de André. Foi o primeiro gol marcado pelo jovem meia, promovido por Muricy Ramalho, depois de se destacar na Copa São Paulo.

No intervalo, a Polícia Militar teve que intervir para acabar uma briga surgida na torcida do Flamengo envolvendo membros das torcidas organizadas. Quando a bola rolou na segunda etapa, Thiago Santos voltou a aparecer bem aos quatro minutos. O meia recebeu na área e bateu com perigo para o gol de André.

Aos oito minutos, após cruzamento na área, Gabriel cabeceou para o gol, mas Giovanni Carioca usou o braço para desviar a bola, mas o árbitro considerou que o lance foi acidental.

O time dirigido por Muricy Ramalho continuava dominando as ações, com destaque para o meia Thiago Santos. Aos 12 minutos, Thiago fez passe perfeito para Canteros que entrou livre, mas chutou em cima do goleiro André que saiu para fechar o ângulo.

O Flamengo marcou o terceiro gol aos 13 minutos. Chiquinho chutou cruzado, o goleiro André espalmou para o meio da área e Felipe Vizeu, bem colocado, bateu para marcar o seu segundo gol na partida.

Sem outra alternativa, o Bangu partiu para o ataque e quase marcou aos 16 minutos, em nova falha do zagueiro Cesar Martins. A bola sobrou para a conclusão de William Amendoim, mas Alex Muralha conseguiu desviar para escanteio.

Aos 20 minutos, o Flamengo quase marcou o quarto gol, aos 20 minutos, mas o inseguro goleiro André conseguiu fazer uma grande defesa no chute de Thiago Santos.

Logo após o tempo técnico, Muricy Ramalho substituiu o meia Ederson que não jogava há 104 dias e que teve boa atuação. O jovem Lucas Paquetá entrou em seu lugar.

O Bangu teve a chance de marcar o segundo gol aos 35 minutos, quando Cesar Martins, em tarde muito irregular, derrubou Igor de Paula na grande área, e o árbitro marcou pênalti. Geraldo bateu no canto direito e Alex Muralha fez grande defesa, espalmando para escanteio.

Aos 39 minutos, Felipe Vizeu voltou a aparecer bem. Ele ganhou a disputa com os zagueiros e cabeceou com muito perigo. No último minuto, Thiago Santos lançou Gabriel, mas o goleiro André saiu com agilidade e dividiu com o atacante rubro-negro, evitando o quarto gol. E, nos acréscimos, o volante Ronaldo foi lançado na área e tentou encobrir o goleiro André, mas a bola saiu.

Da Gazeta Press

Member of The Internet Defense League