Clique e assine com 88% de desconto

Valdivia distribui empanadas a usuários do transporte público de Santiago

Depois de ser criticado nas redes sociais, ex-jogador do Palmeiras se solidarizou com a situação caótica da capital chilena

Por da Redação - 31 out 2019, 19h43

Cabo eleitoral do presidente Sebastián Piñera na última corrida presidencial chilena, o jogador de futebol Jorge Valdivia foi alvo da ira dos manifestantes virtuais na esteira da convulsão social que instaurou o caos nas ruas de Santiago. Ato-contínuo à série de críticas e xingamentos, Valdivia decidiu encerrar sua conta no Twitter. Na última quarta-feira, porém, o meia de 36 anos, atualmente atleta do Colo-Colo, decidiu acenar uma bandeira branca: o ex-jogador do Palmeiras foi flagrado por uma equipe de TV distribuindo empanadas àqueles que encaravam as longas filas diante de uma das estações de metrô da capital chilena (assista ao trecho da reportagem no vídeo abaixo).

No ato de solidariedade, Valdivia estava acompanhado de seu irmão mais novo Claudio e os dois empunhavam um pesado tabuleiro repleto de salgados. Interpelados pela repórter chilena, ambos preferiram não se manifestar.

Antes de encerrar sua participação na rede social, porém, o jogador do Colo-Colo decidiu responder quem lhe cobrava um posicionamento público. “Não sou formador de opinião. Eu jogo futebol e através do meu trabalho tenho contato com políticos. Sei muito pouco, mas o que sei é que ninguém quer (ou não consegue) viver com o salário mínimo ou as aposentadorias. Acesso a saúde, a educação, as isenções fiscais são só para alguns”, escreveu Valdivia.

Continua após a publicidade

A conta de Valdivia no Instagram segue ativa, e a última postagem traz nova mensagem sobre as manifestações em Santiago. “Espero que rapidamente tenhamos paz e aproveito para convidar a todos os políticos que ponham a mão no coração ao legislar pelo bem comum e não apenas de alguns poucos.”

 

Publicidade