Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Totti se queixa do banco, e técnico da Roma o expulsa da concentração

Luciano Spaletti não gostou das declarações do ídolo veterano do clube, que ameaçou até deixar a Roma

O clima de tensão entre o técnico da Roma, Luciano Spaletti, e o ídolo Francesco Totti aumentou ainda mais neste fim de semana. Irritado com declarações do jogador à imprensa no sábado, reclamando pelo pouco tempo em campo, Spaletti decidiu retirar Totti do elenco horas antes do duelo contra o Palermo, pelo Campeonato Italiano, às 16h45 (de Brasília).

Sob o comando do treinador, contratado para substituir Rudi Garcia no início do ano, Totti esteve em campo por apenas 33 minutos. A falta de oportunidades em campo fez com que o veterano, de 39 anos, fosse à imprensa neste sábado mostrar seu descontentamento. O ídolo do Roma falou até em deixar o clube que defende desde 1992 caso não volte a jogar regularmente.

“Não posso continuar na Roma se as coisas continuarem assim. Quero jogar e quero me sentir um jogador. Quero ter mais respeito por tudo o que fiz, e quero que meu futuro fique claro”, falou o ex-capitão da equipe em entrevista ao canal de televisão Rai. As declarações fizeram Spaletti expulsar o jogador do grupo na concentração para o duelo contra o Palermo e mandá-lo para casa. Segundo a Gazzetta dello Sport, a atitude de Spaletti chocou o restante do elenco giallorosso.

Dentro de campo, a Roma ocupa a quinta colocação na Serie A, com 47 pontos, e ainda briga por uma vaga na Liga dos Campeões. Apesar das polêmicas nos bastidores, a equipe da capital vem de quatro vitórias consecutivas na competição.

(Com Gazeta Press)

Member of The Internet Defense League