Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Time de Felipão, da China, vai à final da Liga dos Campeões da Ásia

O Guangzhou Evergrande passou pelo Gamba Osaka na semifinal e enfrenta na decisão o Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos

O Guangzhou Evergrande, há pouco mais de quatro meses sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari, chegou nesta quarta-feira à final da Liga dos Campeões da Ásia com o empate em 0 a 0 sobre o Gamba Osaka, do Japão. Na jogo de ida, em casa, o time chinês ganhou por 2 a 1. A equipe tentará repetir o feito de 2013, quando foi campeã asiática pela primeira vez, o que a levou a disputar o Mundial de Clubes daquele ano.

Os brasileiros marcaram presença no confronto, com o volante Paulinho e os meia-atacantes Elkeson e Ricardo Goulart como titulares pelo Guangzhou. O atacante Robinho, maior contratação do Guangzhou neste ano não foi inscrito a tempo para a Liga dos Campeões da Ásia. O ex-Cruzeiro Ricardo Goulart é o artilheiro da competição, com oito gols marcados.

Leia também:

Na Argentina, craques voltam por amor à camisa. No Brasil…

Time de Felipão na China oficializa contratação de Robinho

Paulinho troca Inglaterra por time de Felipão na China

Na decisão, marcada para os dias 7 e 21 de novembro, o Guangzhou terá pela frente o Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, que conta em seu elenco com os brasileiros Everton Ribeiro e Lima. O Al-Ahli se garantiu na final na última terça-feira ao passar pelo Al-Hilal, da Arábia Saudita. O campeão terá vaga na próxima edição do Mundial de Clubes, que já tem quatro representantes definidos: Barcelona, Auckland City, River Plate e América do México.

( Com Estadão Conteúdo)

Member of The Internet Defense League