Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tevez garante: nunca existiu rivalidade com Messi

Atacante da Juventus ficou quatro anos ausente da seleção argentina, mas descartou influência do capitão e astro da equipe

Em boa fase na Juventus, o atacante Carlitos Tevez está de volta à seleção argentina que disputa a Copa América no Chile. Sua última competição oficial pela equipe foi justamente o torneio sul-americano, em 2011, quando perdeu o pênalti que causou a eliminação dos anfitriões para o Uruguai, nas quartas de final. Parte da imprensa argentina justificou seus quatro anos de ausência na seleção com uma desavença com o astro da equipe, Lionel Messi. O ex-jogador do Corinthians, porém, negou qualquer tipo de problema com o craque do Barcelona.

Leia também:

Gafe na Copa América: goleador uruguaio se confunde e diz que Jamaica é um país africano

Copa América: Chile vence Equador na abertura

Valdivia faz sucesso no Chile. Em comercial de mercado

“Eu e Messi rimos de tudo que foi dito. Com um olhar e um abraço já nos dissemos milhares de coisas, não faz falta que digamos nada”, afirmou Tevez em entrevista ao jornal argentino Clarín, em La Serena. “Eu o conheço muito bem e ele a mim desde o começo. Sei como ele se comporta e ele sabe como me comporto. Isso faz com que confiemos um no outro. Tudo que foi dito é coisa da imprensa”, disse Tevez nesta sexta-feira.

Antes de se unir à delegação argentina, Tevez e Messi se enfrentaram na final da Liga dos Campeões da Europa na semana passada, com vitória do Barcelona sobre a Juventus, em Berlim. Juntos, os dois disputaram as Copas de 2006 e 2010 e duas Copas América, em 2007 e 2011, sem jamais terem conquistado um título juntos.

A Argentina está no Grupo B da Copa América ao lado de Paraguai, Uruguai e Jamaica. A equipe, dirigida por Tata Martino, estreia neste sábado, às 18h30 (de Brasília), em La Serena, contra o Paraguai.

Juventus

Juventus (/)

(com agência Reuters)

Member of The Internet Defense League