Clique e assine com 88% de desconto

Surfe: WSL adia etapa que decide o campeonato mundial pelo 6º dia seguido

As fracas ondas em Pipeline, no Havaí, impediram mais uma vez que a organização realizasse as provas das oitavas de final do torneio nesta quarta-feira

Por da Redação - 18 dez 2019, 14h55

O suspense para definir quem será o novo campeão mundial de surfe vai continuar por mais um dia. A chamada para a disputa das oitavas de final da última etapa do circuito da WSL, na praia de Pipeline, no Havaí, seria realizada às 7h30 da manhã desta quarta-feira 18 (14h30 no fuso horário brasileiro), mas foi cancelada pela falta de condições ideais do mar. A organização não quer que as disputas mais importantes do ano, que vão definir o campeão mundial de surfe de 2019, aconteçam com ondas fracas. A nova tentativa será feita na quinta-feira 19 no mesmo horário, o penúltimo dia da janela do evento nas praias havaianas.

Dois brasileiros brigam pelo título. Ítalo Ferreira é o líder do ranking, mas tem o compatriota Gabriel Medina, o atual campeão da etapa havaiana e da WSL, como principal adversário. Para ser o primeiro brasileiro tricampeão da competição, Medina precisa terminar a disputa derradeira da temporada à frente de Ferreira.

A disputa dos dois surfistas nas oitavas de final são contra outros dois brasileiros. Ítalo enfrenta Peterson Crisanto, enquanto Medina terá Caio Ibelli como adversário. Como líder e o segundo colocado do ranking mundial, Ferreira e Medina garantiram as duas vagas do país nos Jogos de Tóquio-2020.

Publicidade