Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Surfe: Mick Fanning não vai competir pelo título neste ano

Depois de uma montanha-russa de emoções em 2015, o australiano três vezes campeão mundial optou por não participar de todas as etapas do campeonato mundial de surfe

O surfista australiano Mick Fanning, de 34 anos, decidiu não competir pelo título mundial em 2016. “Vou me afastar por um tempo para ter um ano mais pessoal”, disse ele nesta quarta-feira. O anúncio ocorre após um ano turbulento para Mick, que em julho foi atacado por um tubarão durante a etapa de J-Bay, na África do Sul. Em dezembro, enquanto brigava pelo tetracampeonato mundial em Pipeline, o surfista recebeu a notícia da morte de seu irmão Peter. “Ano passado foi mesmo intenso. Cheguei a um ponto no final do ano em que me sentia vazio. Eu sentia como se não tivesse muito a retribuir.”

Fanning ressaltou que não vai parar de surfar: “Definitivamente, isso não é um anúncio de aposentadoria”. A ideia é participar de apenas algumas etapas em 2016 e voltar ao circuito completo no ano que vem. “Vou competir em Snapper, em Bells (as duas primeiras paradas do tour, ambas na Austrália), e aí vou passar um tempo fora daqui”, explicou. A decisão veio após longas conversas com familiares, amigos, patrocinadores e a própria World Surf League, a entidade que promove os campeonatos profissionais de surfe. “Eu estive na disputa pelo título nos últimos quatro anos. O corpo e a mente pagam caro por isso.”

LEIA TAMBÉM

Mais um drama para Mick Fanning: irmão morreu horas antes da decisão

Tubarão ataca Mick Fanning na África do Sul

Sobre a etapa na África do Sul, Mick afirmou que pretende voltar ao local onde foi atacado por um tubarão. “Quero voltar a J-Bay. Sinto que há algo que me faz querer ir lá e encarar. Quero ter certeza de que deixei aquilo para trás.”

Member of The Internet Defense League