Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Surfe: com nota 10, Filipe Toledo avança em Gold Coast

Atual campeão de Snapper Rocks é o único brasileiro garantido nas quartas de final. Mineirinho e Caio Ibelli terão que disputar a repescagem

Filipe Toledo segue reinando em Gold Coast. Atual campeão da etapa australiana que abre a temporada do Mundial de Surfe, o brasileiro conseguiu o primeiro “10 perfeito” (quando o surfista recebe nota 10 de todos os juízes) de 2016 e avançou às quartas de final na praia de Snapper Rocks na manhã desta segunda-feira. Com manobras incríveis e uma nota final de 19.20, o surfista de 20 anos eliminou o australiano Joel Parkinson (15.43) e o americano Conner Coffin (11.53).

Leia também:

Gold Coast: oito curiosidades sobre a oitava Reserva Mundial de Surfe

Mundial de Surfe começa com 10 brasileiros ‘rumo ao tri’

Fanning e Slater homenageiam Mineirinho pelo título

Dos nove brasileiros que foram a Snapper Rocks, apenas três continuam na briga pelo título da etapa: Filipe Toledo, já garantido nas quartas, e Adriano de Souza, o Mineirinho, e Caioo Ibelli, que caíram na quarta-fase e agora dispustarão a repescagem. Antes, Gabriel Medina, Wiggolly Dantas, Jadson André e Italo Ferreira haviam sido eliminados na terceira fase, assim como o australiano tricampeão mundial Mick Fanning.

Campeão do WCT em 2015, Adriano de Souza disputou a quarta fase com o compatriota e estreante Caio Ibelli e com o experiente Marr Wilkinson. Com uma nota 14.10, o australiano superou Mineirinho (11.80) e Caio (10.50) e se garantiu nas quartas de final. Na repescagem, Mineirinho enfrentará Conner Coffin, enquanto o calouro desafiara o australiano Joel Parkinson, bicampeão em Snapper Rocks (2002 e 2009).

(da redação)

Member of The Internet Defense League